Notícias

Sustentabilidade ambiental: ILSA Brasil transformou 300 mil toneladas de resíduos de couro em fertilizantes

Sustentabilidade ambiental: ILSA Brasil transformou 300 mil toneladas de resíduos de couro em fertilizantes 05 MAIO

ILSA Brasil, subsidiária da companhia italiana de mesmo nome, baterá ainda no mês de maio uma marca histórica - transformar 300 mil toneladas de resíduos de couro em fertilizantes. O volume é o resultado do trabalho da empresa desde o início de sua operação no Brasil, em 2009.

O trabalho da ILSA consiste na transformação de resíduos de couro wet-blue em fertilizantes através de um processo de hidrólise térmica (que somente a ILSA é capaz de realizar na América Latina em escala industrial), que os transforma em uma espécie de gelatina rica em nutrientes e em carbonos orgânicos. Após um processo de secagem, obtém-se o fertilizante propriamente dito.

As 300 mil toneladas de resíduos transformaram-se em fertilizante suficiente para adubar cerca de 500 mil hectares de lavouras. Com isso, foi possível beneficiar agricultores e consumidores no Brasil, América Latina e Europa, onde a ILSA comercializa seus produtos para todos os tipos de cultivos (pastagens, grãos, hortaliças e culturas frutíferas). São fertilizantes com características únicas, com alto teor de nitrogênio e carbono orgânicos – importantes tanto para as plantas quanto para a saúde do solo. Um exemplo muito consistente de como a tecnologia, a inovação e as melhores práticas fazem do ciclo de produção e consumo do couro uma cadeia sustentável e transparente.

 

SOBRE A ILSA

A empresa nasceu em 1956, na Itália. Suas atividades no Brasil se iniciaram em 2009 e consolidaram a estratégia de internacionalização da organização também para o mercado da América Latina. Hoje, a Ilsa está presente em 51 países, em todos os continentes.

Fonte: www.ilsabrasil.com.br

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao utilizar este site, você concorda com essas condições. Política de Privacidade - Política de Cookies